Controle de Perdas de Estoque em Uma Rede de Supermercados

Douglas Fracari de Souza, João Angelo Segantin, Alexsandra Jardim Silva Alves, Rubens Takashi Ramos Ando, Leandro Barboza Indalécio da Silva

Resumo


Com a finalidade de analisar e mencionar as possíveis falhas em relação ao controle de estoque, com as pesquisas realizadas em campo e levantamento de dados fornecidos pela empresa o mesmo apresenta certas dificuldades no gerenciado de estoque e com resultados alarmantes. Após todo processo de análise, estudo, discussão e tabulação de dados, ficou claro a existência de falhas que geram perdas no estoque, por a empresa não adotar uma classificação especifica em tipos de perdas, por ter seus dados fornecidos sem classificação de tipo de perdas (dados brutos), não identificando aonde esta o problemas de suas perdas, para que não aconteça uma gestão “cega” existe a necessidade de um sistema mais alimentado e uma gestão de perdas mais eficaz. Tendo como um dos objetivos os diagnósticos, algumas soluções, umas adaptações para que os varejistas obtenha redução de perdas, aumento na lucratividade, ganhando assim mais competitividade de mercado.

Palavras-chave


Gestão de estoque; Classificação de perdas; Redução de custos

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2016 Revista Conbrad

Qualis B5


INDEXADORES E BASES INTERNACIONAIS

 Resultado de imagem para latindex