COMPARATIVO DE APLICABILIDADE DE MODELOS PARA ANÁLISE DE BALANÇO- FUNDAMENTADO NOS MODELOS: TRADICIONAL, ESTATÍSTICO E ANÁLISE ENVOLTÓRIA DE DADOS.

Moises Silva Martins

Resumo


As demonstrações contábeis de empresas é, hoje, objeto de estudo, que gera grandes informações para orientações aos usuários. Neste sentido, os índices estatísticos contribuem para a comparação de desempenho entre as unidades. Atualmente, utiliza-se do modelo DEA, para evidenciar a fronteira da eficiência.  O objetivo deste trabalho é evidenciar o que o modelo DEA contribui para a análise e facilidade no entendimento e na melhoria de decisões, reduzindo a intervenção humana e praticamente eliminando o “achismo” no processo de análise. Para tanto, realizou-se simulação na sala de aulas, com 37 alunos aprendizes, 95% da turma do 1.º semestre/2016, matriculados no sexto termo de ciências contábeis da UNOESTE. Os dados das empresas (A, B, C...) foram fornecidos pelo BRADESCO e os aprendizes  aplicaram as técnicas de análise de balanço tradicional, integrado ou estatístico e a (DEA) análise envoltória de dados. Como resultado, concluiu-se que modelo DEA pode ser considerado ótimo, por este gerar informações conclusivas para a tomada de decisão. Justificando, os aprendizes enfatizarão o Score (Ranking) que permite avaliar-se o grau de eficiência, e reduzindo a intervenção humana e subjetivando a sua análise. 


Palavras-chave


Demonstrações Contábeis, Análise envoltória de dados e modelos de análise de decisão.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Conbrad

Qualis B5